Buscar
Livro Lady Killers Profile: Mary Ann Cotton (Darkside, lacrado)
Informações importantes:

- Produto disponível para envio imediato
- Enviado em plástico bolha e embalagem reforçada, para o produto chegar em ótimas condições.
- Todos pedidos acompanham marca página
- Todos produtos são novos e lacrados

Se tiver dúvidas, não deixe de nos chamar! ;)

Sinopse:

Mary Ann Cotton teve uma história de vida atípica. Foi uma ladra, teve quatro maridos, um amante e, supostamente, mais de doze filhos. Duas décadas antes de Jack, o Estripador, em 1872, ela foi presa e julgada pelo assassinato de seu enteado, virando de cabeça para baixo a pequena vila de West Auckland, no nordeste da Inglaterra. Por conta do crime, outros corpos foram exumados — ao encontrarem arsênico em todos, Cotton se tornou suspeita de um caso ainda mais complexo. Após o julgamento, Mary Ann foi considerada culpada e, em 24 de março de 1873, enforcada em Durham Gaol. Alega-se que ela tenha assassinado mais de vinte pessoas, sendo assim considerada a primeira assassina em série da Inglaterra.

Em Lady Killers Profile: Mary Ann Cotton, o historiador Martin Connolly apresenta suas descobertas, após analisar profundamente os documentos históricos relativos à vida e ao julgamento de Mary Ann Cotton. Esta minuciosa pesquisa histórica sobre a envenenadora inglesa é um livro denso, escrito com o esmero e o cuidado encontrado em outras obras da marca Crime Scene®, como Lady Killers Profile: Belle Gunness, de Harold Schechter, que abriu esta poderosa coleção sobre as assassinas em série, e os best-sellers Lady Killers e Serial Killers: Anatomia do Mal, livros importantes do gênero true crime.

Uma obra repleta de documentos, que conduz o leitor e o coloca na cena, recriando passo a passo do julgamento, Lady Killers Profile: Mary Ann Cotton desafia a afirmação de que ela seria a “Bórgia de West Auckland”, um epíteto dado a Cotton na época, devido ao método como supostamente assassinava suas vítimas. Para tentar melhor compreender os fatos e as lacunas relativas à vida desta mulher e ao seu julgamento, Connolly se propõe a analisar as fontes primárias dos eventos, especialmente os documentos da época arquivados em West Auckland. Mas o autor não se atém somente à biografia de Mary Ann Cotton, e investiga também as pessoas de seu convívio, o contexto social da época, e até mesmo em que ponto estava a ciência forense em relação à identificação de venenos.

Leitura obrigatória para fãs do selo Crime Scene, da DarkSide® Books, além de apresentar a vida, o julgamento e a morte de Mary Ann Cotton, a obra também questiona o sistema legal usado para condená-la, analisando evidências contemporâneas da época e oferecendo outra explicação para as mortes. Uma investigação histórica que ajuda a reavaliar as certezas sobre esta intrigante personagem na sombria Inglaterra vitoriana.



Autor: Martin Connoly
Classificação etária: 18 anos
Data de publicação: 2023
Número de páginas: 240
Tipo de capa: Dura
mais

De: R$ 84,90Por: R$ 50,93ou X de

Economia de R$ 33,97

+ desconto via PIX
Comprar

Calcule o valor do frete e prazo de entrega para a sua região

  • Características

Informações importantes:

- Produto disponível para envio imediato
- Enviado em plástico bolha e embalagem reforçada, para o produto chegar em ótimas condições.
- Todos pedidos acompanham marca página
- Todos produtos são novos e lacrados

Se tiver dúvidas, não deixe de nos chamar! ;)

Sinopse:

Mary Ann Cotton teve uma história de vida atípica. Foi uma ladra, teve quatro maridos, um amante e, supostamente, mais de doze filhos. Duas décadas antes de Jack, o Estripador, em 1872, ela foi presa e julgada pelo assassinato de seu enteado, virando de cabeça para baixo a pequena vila de West Auckland, no nordeste da Inglaterra. Por conta do crime, outros corpos foram exumados — ao encontrarem arsênico em todos, Cotton se tornou suspeita de um caso ainda mais complexo. Após o julgamento, Mary Ann foi considerada culpada e, em 24 de março de 1873, enforcada em Durham Gaol. Alega-se que ela tenha assassinado mais de vinte pessoas, sendo assim considerada a primeira assassina em série da Inglaterra.

Em Lady Killers Profile: Mary Ann Cotton, o historiador Martin Connolly apresenta suas descobertas, após analisar profundamente os documentos históricos relativos à vida e ao julgamento de Mary Ann Cotton. Esta minuciosa pesquisa histórica sobre a envenenadora inglesa é um livro denso, escrito com o esmero e o cuidado encontrado em outras obras da marca Crime Scene®, como Lady Killers Profile: Belle Gunness, de Harold Schechter, que abriu esta poderosa coleção sobre as assassinas em série, e os best-sellers Lady Killers e Serial Killers: Anatomia do Mal, livros importantes do gênero true crime.

Uma obra repleta de documentos, que conduz o leitor e o coloca na cena, recriando passo a passo do julgamento, Lady Killers Profile: Mary Ann Cotton desafia a afirmação de que ela seria a “Bórgia de West Auckland”, um epíteto dado a Cotton na época, devido ao método como supostamente assassinava suas vítimas. Para tentar melhor compreender os fatos e as lacunas relativas à vida desta mulher e ao seu julgamento, Connolly se propõe a analisar as fontes primárias dos eventos, especialmente os documentos da época arquivados em West Auckland. Mas o autor não se atém somente à biografia de Mary Ann Cotton, e investiga também as pessoas de seu convívio, o contexto social da época, e até mesmo em que ponto estava a ciência forense em relação à identificação de venenos.

Leitura obrigatória para fãs do selo Crime Scene, da DarkSide® Books, além de apresentar a vida, o julgamento e a morte de Mary Ann Cotton, a obra também questiona o sistema legal usado para condená-la, analisando evidências contemporâneas da época e oferecendo outra explicação para as mortes. Uma investigação histórica que ajuda a reavaliar as certezas sobre esta intrigante personagem na sombria Inglaterra vitoriana.



Autor: Martin Connoly
Classificação etária: 18 anos
Data de publicação: 2023
Número de páginas: 240
Tipo de capa: Dura